Economia

Desemprego cresceu 42% com 4,2 milhões de brasileiros desempregados durante a pandemia

0

RAFAELA FELICCIANO/METRÓPOLES

O número de desempregados cresceu 42% (4,2 milhões de pessoas) durante a crise causada pela pandemia do novo coronavírus, aponta a mais recente estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Na primeira semana de maio, entre os dias 3 e 9, cerca de 9,8 milhões de brasileiros estavam sem trabalho. Já entre os dias 20 e 26 de setembro, essa contingente foi de 14 milhões de pessoas.

Os dados foram divulgados nesta sexta-feira (16/10) pelo IBGE e fazem parte da pesquisa Pnad Covid-19, que tem sido feita semana e mensalmente em meio à pandemia.

Dessa maneira, a taxa de desempregados passou de 10,5% para 14,4% no período analisado. É a maior porcentagem, bem como o maior contingente de desocupados (14 milhões), desde o início da pesquisa.

Na semana anterior à última pesquisa, 13 a 19 de setembro, o número de desempregados era de 13,3 milhões de brasileiros, o que representa uma taxa de 13,7% em comparação com a população apta a trabalhar.

“Embora as informações sobre a desocupação tenham ficado estáveis na comparação semanal, elas sugerem que mais pessoas estejam pressionando o mercado em busca de trabalho”, diz pesquisadora Maria Lucia Vieira.

Taxa de desocupação estimada pela Pnad Covid-19 semanal
Taxa de desocupação estimada pela Pnad Covid-19 semanal

Outras nóticias

Comentários

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política de privacidade

TERMOS DE USO PARA PUBLICAÇÃO DE COMENTÁRIOS

  1. Em respeito ao direito fundamental de liberdade de expressão, o Portal permite aos Usuários que publiquem comentários junto das notícias e opiniões veiculadas nesta página.
  • O Usuário, sob pena de responder civil e penalmente, compromete-se em fornecer informações verdadeiras e atualizadas para sua identificação pessoal, e isenta o Portal de notícias de responsabilidade quanto a eventuais informações inverídicas que venha a prestar.
  • Usuários menores de 18 anos, que venham a se manifestar e comentar as notícias e opiniões disponíveis no portal, deverão ser assistidos de seus responsáveis, que responderão civil e penalmente pelo conteúdo.
  • O Usuário compromete-se em publicar comentários e manifestações cordiais, que não violem a legislação nacional vigente ou que impliquem em ilícito de qualquer natureza. Sendo vedada qualquer manifestação discriminatória ou que atente contra a dignidade da pessoa humana.
  • Ao publicar comentário, o Usuário autoriza o Portal que exiba o conteúdo por tempo indeterminado, sem qualquer restrição. Sendo facultado ao Portal que se utilize do conteúdo para qualquer fim, sem qualquer ônus, independentemente de consentimento.
  • O Portal se reserva ao direito de registrar e armazenar qualquer comentário realizado pelo Usuário na página, ainda que tal conteúdo venha a ser indisponibilizado ou excluído por qualquer razão.
  • O Portal se reserva ao direito de suspender, remover ou indisponibilizar qualquer comentário ou manifestação realizada pelo Usuário nesta plataforma, independentemente de comunicação prévia ou de justificativa de motivos.
  • O Portal resguarda a possibilidade de fornecer dados e registros dos Usuários às autoridades públicas, com o objetivo de colaborar com procedimentos oficiais de natureza judicial ou administrativa.