Internacional

Alemanha registra recorde de novos casos diários de Covid

0
Passageiros formam fila para fazer teste da Covid-19 no aeroporto de Frankfurt, na Alemanha, nesta quinta-feira (22) — Foto: Michael Probst/AP
Passageiros formam fila para fazer teste da Covid-19 no aeroporto de Frankfurt, na Alemanha, nesta quinta-feira (22) — Foto: Michael Probst/AP

A Alemanha registrou 11.287 novos casos de coronavírus nas últimas 24 horas nesta quinta-feira (22), uma forte alta de 49% em relação ao dia anterior e um recorde diário de infecções desde o início da pandemia.

Até então, a maior quantidade de casos diários era de 7.830 novos infectados, registrados na sexta-feira (16). Ontem, o país contabilizou 7.595 casos.

No total, o país registra 380.762 casos e 9.875 vítimas.

A Europa passa por um novo surto de coronavírus em diversos países, mas o número de mortes deste novo surto é bem menor do que os registrados no início da pandemia.

O presidente do instituto de vigilância epidemiológica Robert Koch, responsável por divulgar os dados no país, afirmou que a Alemanha vive uma situação de saúde gravíssima e que “o vírus pode estar se espalhando incontrolavelmente”.

Lothar Wieler disse que os jovens são os mais expostos ao vírus atualmente e fez um alerta: “Quanto mais pessoas são infectadas em círculos privados, mais o vírus se espalha”.

Wieler, no entanto, garantiu que ainda é possível conter a pandemia “respeitando sistematicamente as medidas de proteção” e “ventilando regularmente” ambientes fechados.

Diante do avanço da segunda onda de Covid, a chanceler Angela Merkel pediu aos cidadãos no sábado (17) para reduzir as relações sociais tanto quanto possível e os encorajou a não sair de casa.

Avanço da 2ª onda

Com 15.199 novas infecções, a Itália também registrou novo recorde diário de casos (o recorde até então era de 11.705 novos casos em 24 horas, registrado no domingo).

Já a Espanha foi o primeiro país da União Europeia a superar um milhão de casos de Covid (e o sexto no mundo), e o governo espanhol estuda novas medidas para frear o avanço da pandemia.

Logo depois a França também passou a marca simbólica de um milhão de infectados.

A Itália tem 450 mil casos confirmados, mas é o país da União Europeia com mais mortes, segundo dados da Universidade Johns Hopkins: 36,8 mil, à frente de Espanha (34,3 mil) e França (34 mil).

Atualmente, os países com mais casos registrados são: Estados Unidos (8,3 milhões), Índia (7,7 milhões), Brasil (5,2 milhões), Rússia (1,4 milhão) e Argentina (1 milhão).

Os países com mais mortes são: EUA (222 mil), Brasil (155 mil), Índia (116 mil), México (87,4 mil) e Reino Unido (44,2 mil).

Outras nóticias

Vitória de Biden ajuda Bolsonaro recuar em veto à Huawei

“A guinada, por ora ainda tratada como possibilidade no entorno presidencial, é uma consequência da vitória de Joe Biden”. “No cenário de maior distanciamento dos Estados Unidos, já admitido pelo Planalto com cautela, o governo Bolsonaro entende que um eventual ...

Comentários

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política de privacidade

TERMOS DE USO PARA PUBLICAÇÃO DE COMENTÁRIOS

  1. Em respeito ao direito fundamental de liberdade de expressão, o Portal permite aos Usuários que publiquem comentários junto das notícias e opiniões veiculadas nesta página.
  • O Usuário, sob pena de responder civil e penalmente, compromete-se em fornecer informações verdadeiras e atualizadas para sua identificação pessoal, e isenta o Portal de notícias de responsabilidade quanto a eventuais informações inverídicas que venha a prestar.
  • Usuários menores de 18 anos, que venham a se manifestar e comentar as notícias e opiniões disponíveis no portal, deverão ser assistidos de seus responsáveis, que responderão civil e penalmente pelo conteúdo.
  • O Usuário compromete-se em publicar comentários e manifestações cordiais, que não violem a legislação nacional vigente ou que impliquem em ilícito de qualquer natureza. Sendo vedada qualquer manifestação discriminatória ou que atente contra a dignidade da pessoa humana.
  • Ao publicar comentário, o Usuário autoriza o Portal que exiba o conteúdo por tempo indeterminado, sem qualquer restrição. Sendo facultado ao Portal que se utilize do conteúdo para qualquer fim, sem qualquer ônus, independentemente de consentimento.
  • O Portal se reserva ao direito de registrar e armazenar qualquer comentário realizado pelo Usuário na página, ainda que tal conteúdo venha a ser indisponibilizado ou excluído por qualquer razão.
  • O Portal se reserva ao direito de suspender, remover ou indisponibilizar qualquer comentário ou manifestação realizada pelo Usuário nesta plataforma, independentemente de comunicação prévia ou de justificativa de motivos.
  • O Portal resguarda a possibilidade de fornecer dados e registros dos Usuários às autoridades públicas, com o objetivo de colaborar com procedimentos oficiais de natureza judicial ou administrativa.