InternacionalJustiçaSaúde

A empresa de biotecnologia Vaxart, que trabalha em uma vacina contra a Covid-19, está sob investigação federal

0

Ela está sendo processada por uma série de investidores por supostamente exagerar seu envolvimento no programa Operação Warp Speed, programa de desenvolvimento de vacina e tratamentos contra a Covid-19 dos Estados Unidos.

A Vaxart declarou em um depoimento da Securities and Exchange Commission (SEC), no dia 14 de outubro, que está sendo investigada pelos promotores federais e que foi intimada em julho pelo tribunal distrital do Norte da Califórnia.

Em junho, a Vaxart emitiu um comunicado à imprensa que dizia: “Vacina contra a Covid-19 da Vaxart é selecionada para a Operação Warp Speed do governo dos EUA”.

A notícia ajudou a impulsionar o preço das ações da Vaxart — de US$ 3 para quase US$ 17 —, e o fundo de hedge Armistice Capital, que controlava parcialmente a Vaxart, vendeu ações com um lucro de mais de US$ 200 milhões, de acordo com a SEC.

Poucas semanas antes do anúncio, a Vaxart concedeu alterações aos acordos de garantias, o que permitiria ao Armistício Capital vender quase todas as as ações — o que realmente aconteceu quando o preço das ações disparou.

Em julho, o Departamento de Saúde e Serviços Humanos (HHS) dos Estados Unidos disse ao New York Times (NYT) que não havia firmado um acordo de financiamento ou negociações com a Vaxart.

O Armistício e o departamento de saúde não responderam aos pedidos de comentários.

O departamento de saúde disse ao jornal que a Vaxart não foi escolhida pela Operação Warp Speed para receber financiamento para pesquisa — o envolvimento, na verdade, foi limitado. A vacina da Vaxart, um comprimido oral, estava envolvida apenas em estudos preliminares em primatas patrocinados pela Warp Speed.

Em um comunicado a empresa disse: “O estudo do desafio de primatas não-humanos da Vaxart foi organizado e financiado pela Operação Warp Speed, conforme declarado no comunicado de imprensa da empresa de 26 de junho de 2020. As declarações feitas nesse comunicado à imprensa são precisas e qualquer alegação em contrário é infundada”.

No processo da SEC, neste mês, a Vaxart escreveu que forneceu os documentos solicitados para demonstrar seu papel na Operação Warp Speed. “A empresa forneceu voluntariamente os documentos solicitados pela SEC e está cooperando com esta investigação informal”, afirmou.

A Vaxart e seu conselho foram processados por vários acionistas, que acusam a empresa de supostamente inflacionar o preço das ações da Vaxart, deturpando o papel da empresa na Operação Warp Speed.

A Vaxart tratou dessas ações no processo da SEC, dizendo que está buscando o arquivamento de duas delas, enquanto outra ação coletiva ainda está em andamento.

Em 14 de outubro, a Vaxart anunciou resultados encorajadores de seu estudo em hamsters, que receberam dosagens orais de sua vacina contra Covid-19.

Na noite de sexta-feira (16), as ações caíram 3,5%, para aproximadamente US$ 6. 

Outras nóticias

Vitória de Biden ajuda Bolsonaro recuar em veto à Huawei

“A guinada, por ora ainda tratada como possibilidade no entorno presidencial, é uma consequência da vitória de Joe Biden”. “No cenário de maior distanciamento dos Estados Unidos, já admitido pelo Planalto com cautela, o governo Bolsonaro entende que um eventual ...

Comentários

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política de privacidade

TERMOS DE USO PARA PUBLICAÇÃO DE COMENTÁRIOS

  1. Em respeito ao direito fundamental de liberdade de expressão, o Portal permite aos Usuários que publiquem comentários junto das notícias e opiniões veiculadas nesta página.
  • O Usuário, sob pena de responder civil e penalmente, compromete-se em fornecer informações verdadeiras e atualizadas para sua identificação pessoal, e isenta o Portal de notícias de responsabilidade quanto a eventuais informações inverídicas que venha a prestar.
  • Usuários menores de 18 anos, que venham a se manifestar e comentar as notícias e opiniões disponíveis no portal, deverão ser assistidos de seus responsáveis, que responderão civil e penalmente pelo conteúdo.
  • O Usuário compromete-se em publicar comentários e manifestações cordiais, que não violem a legislação nacional vigente ou que impliquem em ilícito de qualquer natureza. Sendo vedada qualquer manifestação discriminatória ou que atente contra a dignidade da pessoa humana.
  • Ao publicar comentário, o Usuário autoriza o Portal que exiba o conteúdo por tempo indeterminado, sem qualquer restrição. Sendo facultado ao Portal que se utilize do conteúdo para qualquer fim, sem qualquer ônus, independentemente de consentimento.
  • O Portal se reserva ao direito de registrar e armazenar qualquer comentário realizado pelo Usuário na página, ainda que tal conteúdo venha a ser indisponibilizado ou excluído por qualquer razão.
  • O Portal se reserva ao direito de suspender, remover ou indisponibilizar qualquer comentário ou manifestação realizada pelo Usuário nesta plataforma, independentemente de comunicação prévia ou de justificativa de motivos.
  • O Portal resguarda a possibilidade de fornecer dados e registros dos Usuários às autoridades públicas, com o objetivo de colaborar com procedimentos oficiais de natureza judicial ou administrativa.